CDM
50,00 MT

CMH
2.100,00 MT

EMOSE
15,00 MT

ZERO
20,00 MT

TOUCH
3,20 MT

ARCO
100,00 MT

HCB
2,30 MT

ARKO
1,200.00 MT

REVIMO
15.930,00 MT

2BUSINESS
1,00 MT

PAYTECH
8,00 MT

TROPIGALIA
100,00 MT

CDM
50,00 MT

CMH
2.100,00 MT

EMOSE
15,00 MT

ZERO
20,00 MT

TOUCH
3,20 MT

ARCO
100,00 MT

HCB
2,30 MT

ARKO
1.200,00 MT

REVIMO
15.930,00 MT

2BUSINESS
1,00 MT

PAYTECH
8,00 MT

TROPIGALIA
100.00 MT

CDM
50,00 MT

CMH
2.100,00 MT

EMOSE
15,00 MT

ZERO
20,00 MT

TOUCH
3,20 MT

ARCO
100,00 MT

HCB
2,30 MT

ARKO
1.200,00 MT

REVIMO
15.930,00 MT

Tesouro-2005 - 2ª Série
10,9100 %

Tesouro-2017 - 6ª Série
21,5000 %

Tesouro-2017 - 7ª Série
21,500 %

Tesouro-2019 - 1ª Série
9,125 %

Tesouro-2019 - 7ª Série
19,8125 %

Tesouro-2019 - 8ª Série
10,0000 %

Tesouro-2020 - 4ª Série
19,3125 %

Tesouro-2020 - 5ª Série
19,0000 %

Tesouro-2020 - 6ª Série
10,0000 %

Tesouro-2020 - 7ª Série
19,3125 %

Tesouro-2020 - 8ª Série
19,3750 %

Tesouro-2020 - 10ª Série
19,3125 %

Tesouro-2020 - 11ª Série
9,5000 %

Tesouro-2021 - 1ª Série
19,3750%

Tesouro-2021 - 2ª Série
19,1250 %

Tesouro-2021 - 3ª Série
19,0625 %

Tesouro-2021 - 4ª Série
18,8125 %

Tesouro-2021 - 5ª Série
18,5625 %

Tesouro-2021 - 6ª Série
18,6250 %

Tesouro-2021 - 7ª Série
18,6250 %

Tesouro-2021 - 8ª Série
18,7500 %

Tesouro-2021 - 9ª Série
18,0625 %

Tesouro-2021 - 10ª Série
14,5000 %

Tesouro-2021 - 11ª Série
9,5000 %

Tesouro-2022 - 1ª Série
18,8500 %

Tesouro-2022 - 2ª Série
18,3500 %

Tesouro-2022 - 3ª Série
19,6000 %

Tesouro-2022 - 4ª Série
18,5500 %

Tesouro-2022 - 5ª Série
17,0000 %

Tesouro-2022 - 6ª Série
17,0000 %

Tesouro-2022 - 7ª Série
17,7500 %

Tesouro-2022 - 8ª Série
17,6250 %

Tesouro-2022 - 9ª Série
17,7500 %

Tesouro-2022 - 10ª Série
19,0000 %

Tesouro-2022 - 11ª Série
17,5000 %

Tesouro-2023 - 1ª Série
19,0000 %

Tesouro-2023 - 2ª Série
19,0000 %

Tesouro-2023 - 3ª Série
19,0000 %

Tesouro-2023 - 4ª Série
19,0000 %

Tesouro-2023 - 5ª Série
16,0000 %

Tesouro-2023 - 6ª Série
17,0000 %

OPP BANK 2018 - Série 1
21,5000 %

Commercial Paper BIg2023 - 24
15,5000 %

BNI 2019 - Série 1
5,4240 %

BNI 2021 - Série 2
14,6000 %

BNI 2021 - Série 2
15,2000 %

BNI 2021 - Série 3
15,7500 %

BNI 2022 - Série 1
20,0000 %

BAYPORT 2019 - Série 1
20,0000 %

BAYPORT 2019 - Série 2
19,0000 %

BAYPORT 2020 - Série 1
16,0000 %

BAYPORT 2020 - Série 2
23,8000 %

BAYPORT 2021 - Série 1
22,2300 %

BAYPORT 2021 - Série 2
22,2300 %

BAYPORT 2021 - Série 3
22,4500 %

BAYPORT 2021 - Série 4
22,2700 %

BAYPORT 2022 - Série 1
22,2900 %

BAYPORT 2023 - Série 1
23,2500 %

BAYPORT 2023 - Série 2
22,2900 %

Papel Commercial BAYPORT 2023 - Série 3
21,0000 %

VISABEIRA 2020
21,5000 %

Salim Valá Desafia Estudantes a Pautarem pela Gestão Responsável e aposta no Investimento

O Presidente do Conselho de Administração (PCA) da Bolsa de Valores de Moçambique (BVM), Salim Cripton Valá, desafiou os estudantes universitários a primarem por uma gestão responsável dos recursos de que dispõem, tomando em atenção a necessidade de poupar, modo a investirem para a futuro.

Salim Valá falava a estudantes universitários da Universidade São Tomas de Moçambique (USTM) e Instituto Superior de Comunicação e Imagem (ISCIM), que, na passada sexta-feira 26 de Maio, visitaram a Biblioteca – BVM, no quadro da iniciativa ″Conversas com o PCA da BVM.

″A forma como você administra os recursos, como você gere os seus recursos, e a necessidade de poupar é fundamental. É preciso termos em conta que, muitas vezes, não importa só o que se ganha, mas como é feito o uso, o plano de vida que tenho. Isto é muito importante. Qual é o plano? Salario não é plano. Como é que uso o dinheiro que entra? Concentre sua energia e o foco em coisas que vão provocar mudanças positivas na sua vida. Procurem fazer uma gestão racional dos recursos escassos, para terem resultados tangíveis e assim serem felizes″. disse Salim Valá.

No encontro, Salim Valá falou do percurso e fases que marcaram o processo evolutivo da Bolsa de Valores de Moçambique, destacando-se na vanguarda no que à alternativa de financiamento à Economia diz respeito, bem como em termos de instrumentos de promoção da poupança e a eficiente alocação de recursos.

No que respeita à evolução, Valá apontou que BVM tem estado a crescer a olho vistos, realidade espelhada mormente pelo numero de empresas actualmente cotadas.  

Hoje, a Bolsa de Valores de Moçambique conta com 13 empresas cotadas, fazendo parte de vários ramos de actividade. Para alem do mercado das cotações oficiais (para grandes empresas e o Estado), dispõe do segundo (para pequenas e médias empresas – Criado em 2009) e terceiro (Incubação), criado em 2019, que se destina a transação de acções que no momento da sua admissão à cotação no Mercado de Cotações oficiais ou no segundo Mercado.

Por seu turno, o Professor António Matabele, docente da cadeira de Contabilidade dos estudantes presentes, reconheceu ser uma oportunidade visitar a Biblioteca BVM para adquirir mais conhecimentos sobre o funcionamento do Mercado de Capitais e da Bolsa de Valores de Moçambique. “Vocês não devem perder nenhuma oportunidade de se prepararem, porque vós sois os futuros gestores deste país. Se tu gerires bem a tua casa, estás a gerir bem a sociedade moçambicana”. disse Professor António Matabele.

Para classe estudantil, foi uma oportunidade para adquirir mais conhecimento sobre o funcionamento do Mercado de Capitais e a Bolsa de Valores de Moçambique.

″Foi uma experiencia positiva e que de certa forma vai agregar valor. A conversa que tivemos com o Dr.     Salim Valá vai ajudar a diminuir as assimetrias no acesso à informação. Eu tinha uma visão de algo bastante complexa e de difícil compreensão. Foi uma oportunidade única e aprendemos como realmente funcionam as bolsas de valores. Aprendemos, também, que temos de cultivar em nós, primeiro, a cultura de poupança e, segundo, a perspetiva de transformar as poupanças em algo produtivo″, disse Rifolio Marcelino de Castro, estudante finalista da Universidade São Tomas de Moçambique.

A rubrica ″ Conversa como PCA da BVM″ é uma iniciativa inserida no quadro da implementação do programa de Educação Financeira da BVM e da promoção da Biblioteca – BVM, e visa abrir espaço para que os diversos segmentos da sociedade moçambicana conheçam de perto as actividades que esta instituição tem estado a desenvolver, desde a sua criação em 1999.

More
articles